Ir para conteúdo

Você é o outro

Sempre que se relaciona com o outro, você julga negativamente ou positivamente. Mas qual é a diferença? Nenhuma.

Por isso, esteja atento a essas nuances da mente; ela acha interessante julgar o outro para o bem, mas quando você julga positivamente, a sua capacidade de julgar para o mal está implícita.

De qualquer forma, é raro julgar positivamente alguém. Note por si mesmo: você julga mais negativamente ou positivamente? O condicionamento da mente, a sua estrutura, funciona sob o aspecto de depreciar; ela acredita que colocando o outro para baixo, vai para cima. Então ela pratica apontar os defeitos dos outros para se sentir “por cima da carne seca”.

Mas isso só ocorre por pura ignorância. Você nunca sobe colocando o outro para baixo, pelo motivo mais simples de todos: você é o outro. Se você põe o outro para baixo, você vai para baixo.

Estou compartilhando um precioso segredo, guarde com carinho: o outro é você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: